Sem nunca dizer adeus

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Com que então, estiveste na Índia. Divertiste‐te? Não. Aborreceste‐te? Também não. O que te aconteceu na Índia? Fiz uma experiência. Que experiência? A experiência da Índia.E em que consiste a experiência da Índia? Consiste em fazer a experiência daquilo que a Índia é. E o que é a Índia! Como hei‐de dizer‐te? A Índia é a Índia.”

In Uma ideia da Índia, de Alberto Moravia, Tinta da China, 2008

Porque a música também puxou por nós.

Porque as viagens de comboio foram inesquecíveis e daqui até nos fazem chorar.

Porque o Leszek nos enviou, um amigo polaco que fizémos nas últimas horas da Índia.

Anúncios
Com as etiquetas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Anúncios
%d bloggers like this: